7 dúvidas sobre coworking mais frequentes

Hoje, os escritórios compartilhados fazem parte da rotina de muitas pessoas, no entanto, as dúvidas sobre coworking permanecem. Não é difícil vermos alguns profissionais, ou mesmo os familiares de um coworker, confusos sobre como funciona o trabalho em um local como esse, não é mesmo?

As dúvidas são completamente compreensíveis, afinal, por mais que essa modalidade tenha se popularizado em muitas cidades do país e do mundo, ela continua sendo um universo novo para uma parcela da população. Por isso, no post de hoje, vamos esclarecer algumas questões frequentes sobre o assunto. Acompanhe!

1. Quem trabalha em um coworking tem horário fixo?

Uma das vantagens para quem trabalha em um coworking é poder fazer seu próprio horário, assim, o profissional tem flexibilidade para se dedicar às tarefas no período em que for mais adequado para ele dentro do plano contratado.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não ter um horário fixo não é prejudicial, muitos profissionais se tornam ainda mais produtivos dessa forma.

2. Para trabalhar em um coworking é preciso ser autônomo ou freelancer?

Muitos profissionais autônomos, empreendedores e freelancers, tais como designers, publicitários, profissionais de TI e advogados, por exemplo, trabalham em um escritório compartilhado, contudo, o local também recebe equipes de startups e pequenas empresas que optam por essa modalidade para iniciar as atividades e reduzir os custos do negócio.

3. Quem opta por um coworking não tem local fixo de trabalho?

Outra dúvida sobre coworking que é bastante frequente, principalmente nos encontros familiares, é sobre o fato de o profissional não ter local fixo ou ainda de não precisar ir à empresa.

Quem trabalha em um coworking tem a possibilidade de escolher a melhor unidade para realizar a suas atividades, devido à flexibilidade do contrato (que pode ser individual, mensal, etc) e a variedade de espaços em algumas cidades. Dessa forma, é possível optar por aquele que se adéqua melhor as suas necessidades, evitando desperdício de tempo e dinheiro com locomoção e trânsito, por exemplo.

Além disso, hoje em dia, a modalidade de home office ganhou espaço na rotina empresarial e, diante disso, muitos trabalhadores contratados de uma empresa têm optado por realizar suas tarefas profissionais em um coworking, já que ele oferece toda a infraestrutura necessária para a rotina de trabalho.

4. Como é o relacionamento com a pessoa que trabalha do seu lado?

A pessoa que estará na estação de trabalho ao lado não será da mesma empresa e, talvez, não seja da mesma área de atuação. Contudo, uma das principais características de um coworking é a diversidade de profissionais, o que torna o ambiente dinâmico e descontraído e favorece, inclusive, a troca de experiências e a possibilidade de novos negócios.

5. Existe privacidade em um coworking?

Outra dúvida comum sobre coworking é o fato de que, por se tratar de um ambiente compartilhado, pode não haver privacidade nas tarefas – entretanto, isso é um grande engano. Os frequentadores que sentam próximos não ficam olhando as atividades um dos outros, além do mais, os espaços contam com salas exclusivas caso o profissional necessite de um local reservado para fazer ligações ou reuniões com clientes.

Alguns empreendimentos também oferecem lockers ou gaveteiros com chave para quem precisa de um local para armazenar contratos e materiais da empresa.

6. Somente pessoas jovens trabalham em um coworking?

A média de idade dos frequentadores de um coworking é de 35 anos, mas essa faixa etária pode variar de acordo com a região. De qualquer forma, não há uma regra de idade nos escritórios compartilhados, que recebem profissionais das mais diferentes idades e profissões.

7. Qual a vantagem do coworking? Por que não trabalhar de casa?

Muitas pessoas preferem trabalhar em um coworking devido à infraestrutura oferecida, com mobiliários adequados, internet de alta velocidade e ambientes climatizados, o que torna o período mais confortável e produtivo.

Para os profissionais autônomos, freelancers e pequenas empresas, o serviço também é vantajoso, pois permite receber clientes, além da possibilidade de usufruir de um endereço comercial, atendimento telefônico, gerenciamento de correspondência, entre outros benefícios.

Esse mercado teve grande expansão nos últimos anos e muitas pessoas utilizam um escritório compartilhado para garantir a produtividade e o crescimento do negócio. Sendo assim, é importante esclarecermos as dúvidas sobre coworking para que outros profissionais se beneficiem do espaço!

Você tem outras dúvidas sobre o assunto? Deixe nos comentários e até a próxima.

Post Your Thoughts

Related Posts
7 decisões que você pode tomar para o crescimento de uma startup

7 decisões que você pode tomar para o crescimento de uma startup

Algumas startups contam com investidores anjos para alavancar os negócios, mas essa não é a…

Quais os tipos ideais de empresas para um coworking?

Quais os tipos ideais de empresas para um coworking?

Os espaços compartilhados são uma tendência no mundo todo, porque esses locais representam uma forma…

Chegamos ao Jardim Anália Franco

Chegamos ao Jardim Anália Franco

Chegamos ao Anália Franco um dos principais bairros da Zona Leste em um ambiente exclusivo para…

Close

Solicite uma visita

Visite nosso espaço de coworking. Por favor, preencha o formulário e nosso gerente operacional entrará em contato.

Você receberá um e-mail de confirmação assim que clicar em enviar. Caso contrário, verifique a pasta de spam e marque o e-mail como seguro.